13 de julho de 2024 6:56 pm

MT recebe o Festival de Cinema e Vídeo de Cuiabá

cinemato-1536x1017

A 21ª edição do Festival de Cinema e Vídeo de Cuiabá (Cinemato) começa amanhã domingo (22.10), na Capital, com mostra de filmes, atrações culturais, debates e pré-estreias. Considerado um dos maiores festivais do país, o evento é realizado com recursos do Governo de Mato Grosso, por meio da Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer (Secel-MT). Ao todo, foram investidos R$ 500 mil no festival, que será realizado de 22 a 28 de outubro, no teatro da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT).

Além do investimento de R$ 500 mil, o festival conta com exibição de filmes produzidos com recursos de editais da Secel. Entre eles estão O Anel de Eva, de Duflair Barradas, com pré-estreia para o dia 28, às 20h. Também serão exibidas outras produções realizadas com investimentos do Governo do Estado, como Cacica, a força da mulher Xavante (Jade Rainho e Carolina Rewaptu), Tereza de Benguela (Salles Fernandes) e Um semeador de Arte e Cultura – Agostinho Bizinoto (Ronaldo Adriano). Desses, o curta Cacica, a força da mulher Xavante concorre na mostra competitiva.

Nesta edição, o Cinemato recebeu inscrições de 280 filmes para as mostras competitivas. Foram selecionados sete na categoria longa-metragem e 14 para curta-metragem. Os escolhidos irão concorrer ao Troféu Coxiponés 2023. Neste ano a homenageada do festival é a atriz Dira Paes.

“A retomada do Festival é um marco, e estamos muito honrados em ser um dos protagonistas na realização desse importante evento. Valorizar e fomentar o audiovisual por meio de nossas políticas públicas é entender a importância do setor para o fortalecimento da cadeia da economia criativa da cultura. O audiovisual movimenta a economia, gera trabalho, renda e proporciona o acesso à cultura para a população”, ressalta o secretário da Secel, Jefferson Carvalho Neves.

Neste contexto, a superintendente de Desenvolvimento de Economia Criativa da Secel, Keiko Okamura, explica a importância do setor para a economia. “A indústria audiovisual abrange uma variedade de profissionais e desempenha um papel crucial na geração de renda e no desenvolvimento sustentável. Além dos atores, diretores e produtores, há também maquiadores, eletricistas, motoristas e uma gama de prestadores de serviços nas áreas de alimentação e hospedagem, que são fundamentais para o funcionamento da produção cinematográfica”, explica.

O Festival de Cuiabá está entre os principais festivais de cinema do Brasil e é reconhecido internacionalmente como formador de plateias, revelando importantes nomes para o cinema brasileiro. “A Secel dar garantia ao festival é algo muito relevante e grandioso. E mostra o esforço do Estado em produzir audiovisual trazendo um pouco do cinema brasileiro para Cuiabá e fazendo a via de retorno: levando a produção mato-grossense para o mundo”, ressaltou o idealizador e curador do Festival de Cinema e Vídeo de Cuiabá, Luiz Borges.

Serviço
Festival de Cinema e Vídeo de Cuiabá (Cinemato)
Período: 22 a 28 de outubro
Local: Teatro da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT)
Mais informações: festivalcinemato.com.br e  Instagram @festivalcinemato

Facebook
WhatsApp
Twitter
LinkedIn

Veja também

Picture of Roseli

Roseli

Comentários

Feito com muito 💜 por go7.com.br