13 de julho de 2024 3:52 pm

A Praça Alencastro recebeu alunos da rede municipal de Educação para comemorar o Dia do Folclore

783884

Leituras, brincadeiras e danças coloriram a praça onde, durante toda a semana, a população poderá participar da programação

 

Alunos das Escolas Municipais de Educação Básica (EMEB) Profª. Esmeralda de Campos Fontes e Marechal Cândido Mariano da Silva Rondon, localizadas nos bairros Ribeirão da Ponte e Alvorada, participaram na manhã desta quarta-feira (22), na Praça Alencastro, das comemorações pelo Dia Nacional do Folclore. Durante toda a semana, uma programação especial, dedicada às crianças e à comunidade, vai lembrar a data com muitas brincadeiras e leitura.

Árvores que dão livros, exposição de acervo e resgate de brinquedos do folclore brasileiro, a mala e o baú de livros, varal literário, narração de histórias, entrega de kits de livros e danças com temas folclóricos fazem parte da programação da semana.

Na abertura, a secretária-adjunta de Educação, Edilene Machado falou sobre a iniciativa da Prefeitura de Cuiabá, realizada pela rede de bibliotecas “Saber com Sabor”, da Secretaria Municipal de Educação. “As bibliotecas Saber com Sabor realizam essa atividade já alguns anos. Aqui é, na realidade, um resgate da cultura popular e das lembranças dos nossos avós. Além de trazermos a leitura, com personagens do folclore brasileiro, estamos resgatando as brincadeiras e, desmistificando aquele pensamento de que as crianças só se interessam pelo mundo virtual. Aqui estamos vendo a alegria delas com os brinquedos como o peão, corda, andar de lata, peteca e outras”, destacou a secretária-adjunta lembrando que a programação não está direcionada somente aos alunos da rede Municipal de Ensino de Cuiabá.

“Todos estão convidados para participar da programação, crianças, jovens e adultos”, salientou Edilene Machado.

A coordenadora pedagógica da EMEB Marechal Cândido Mariano da Silva Rondon, Marinalva de Barros Neves destacou a importância da ação para o processo de ensino aprendizagem e a autoestima das crianças. “É um incentivo às crianças e também aos professores, com o resgate das histórias e brincadeiras cuiabanas, e até mesmo afro-indígenas. Essas ações complementam o conteúdo que é trabalhado em sala de aula. Não se aprende somente dentro da sala de aula. As aulas de campo ajudam a fixar o conhecimento abrindo novos horizontes para as crianças”, disse.

Os alunos apresentaram a quadrilha maluca e a dança do maculelê e se divertiram com brincadeiras que não fazem parte do seu cotidiano.

“Gostei de tudo, mas o que mais gostei foi de dançar”, disse Rebeca Wisley, da 5ª série. Beatriz Nadaf e Amanda Ferreira, gostaram, principalmente, de andar de lata, brincar de pular corda e jogar queimada.

Luiz Eduardo de Oliveira Arruda, do 6º ano. Aproveitou para entrevistar colegas e também a secretária-adjunta de Educação, Edilene Machado sobre as histórias do folclore brasileiro. “Estou gostando muito. Gostei muito do pé de lata e dos livros. Gostei de aprender coisas novas, de outras culturas”, disse ele.

Programação

Na tarde de hoje, até as 17 horas, os  alunos das EMEB Profª Maria Dimpina Lobo Duarte e Nossa Senhora Aparecida, participaram das atividades.

Na quinta-feira (23) pela manhã será a vez dos alunos das EMEB Raimundo Pombo e Ezequiel Borges e Ezequiel de Siqueira e à tarde, EMEB Dep. Ulisses Silveira Guimarães e Profª Benedida Xavier Rodrigues.

Na sexta-feira (24), no período da manhã, os alunos das EMEB Antônio Ferreira Valentim e Herbert de Souza e a tarde, Prof. Francisval de Brito e Profª Maria Pommot, encerram a programação.

Facebook
WhatsApp
Twitter
LinkedIn

Veja também

Picture of Airton Maia

Airton Maia

Comentários

Feito com muito 💜 por go7.com.br